sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Projeto Recicla Cerrado atinge a marca de 40 mil garrafas pet

Projeto instituiu a "moeda verde" no Triângulo Mineiro

 

Com menos de dois meses de funcionamento, o primeiro ponto de troca de materiais recicláveis de Uberlândia (MG) comemora a marca de 40 mil garrafas pet arrecadadas. A atividade é uma iniciativa do Instituto Ipê Cultural, que investe em cultura e meio ambiente na cidade. O funcionamento foi possível graças à parceria com o Duma Auto Posto. No local foram recolhidos também outros materiais que puderam ser reutilizado como papel, metal e vidro.

 

"Esta parceria proporcionou a conscientização de todos os que passaram pelo posto. É na troca que podemos ajudar o meio ambiente. Mesmo aqueles que abasteceram e foram embora viram objetos de arte, garrafas, vasos decorados e camisetas", disse Antônio Pedro, diretor do Instituto Ipê.

 

Segundo o diretor, por dia são arrecadadas cerca de 500 garrafas pet. "Vimos que podemos cultivar de modo significativo a "moeda verde". Cada garrafa pet equivale a um "reciclacard". De acordo com a quantidade de pontos contabilizados, as pessoas podem trocar por vários produtos, como: abajures, pufes, mandalas, vassouras, bolsas, dentre outros, tendo como matéria-prima o plástico da garrafa, reciclado", explicou.

 

O Duma Auto Posto estendeu a cooperação neste projeto. Apartir de segunda-feira (21), a cada 1 litro de combustível abastecido será repassado R$ 0,01 para a nova etapa do projeto.

 

Projeto "Recicla Cerrado"

 

Com a intenção de conscientizar a população da necessidade de preservar o meio ambiente, Instituto Ipê Cultural decidiu destacar o sentido ecológico da atividade e readequar a logística da coleta seletiva, além de elevar os "catadores do lixo" à condição de artesãos.

O resultado foi a criação, há seis meses, da Oficina de Reciclagem, realizada na sede da Associação dos Recicladores e Catadores Autônomos (ARCA). Com carga horária diária de oito horas e duração de sete meses, o curso é ministrado pelo designer da grife Viva Gaia, Otávio Oliveira e a artista plástica Adriana Honório.

O projeto tem o apoio da prefeitura de Uberlândia, da Cooperativa dos Catadores do lixo de Uberlândia (CORU) e da ARCA, e é uma extensão do Projeto Animais do Cerrado, que conta com uma coleção de camisetas, desenvolvida sob os conceitos de Cultura Verde e tendo como matéria prima o PET reciclado.

 

Ponto de Troca

Duma Auto Posto - Rua Tupaciguara esquina com a Cesário Alvim, 600 – Aparecida.

 

Lead Comunicação
Gabrielle Andrade

www.leadcomunicacao.com.br


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura