terça-feira, 8 de novembro de 2016

Motofog é direcionado para bairros com maior índice de infestação do mosquito da dengue

Em uma ação rápida do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), logo após a divulgação do resultado do Levantamento de índice rápido de Aedes aegypti (LIRAa) do mês de outubro, que aponta que 2,1% dos imóveis pesquisados possuem focos de reprodução do Aedes Aegypti, o CCZ direciona os motofogs para o combate ao moquisto transmissor da dengue, nos bairros que apresentaram maiores índices no levantamento.

As rotas de circulação das motos vão atender com prioridade os bairros que registraram maior índice no LIRAa. Nesta terça-feira (08) as rotas de circulação das motos serão passarão pelos bairros Portal do Vale, Povoado Santa Clara e Residencial Maná.

Os motofogs são motos que realizam a aspersão do veneno que mata o mosquito, pelo sistema de escape do motor e representam uma ferramenta que auxilia a garantir os cuidados em saúde pública. O trabalho é parecido aos já conhecidos veículos fumacê, com a diferença de acrescentar agilidade e economia no processo.

Outra vantagem levada em conta para adoção desta abordagem contra a dengue é a facilidade de penetração em locais de acesso restrito como: ferros velhos, ruas estreitas, becos, ladeiras e terrenos baldios onde os convencionais veículos fumacês no entram. Cada moto carrega aproximadamente de 25 litros de veneno contra o mosquito e tem autonomia para até 04 horas de operação.

Eliminar a presença do Aedes aegypti dos bairros de Uberlândia é uma das preocupações Prefeitura Municipal para promoção de saúde da população. Além de contar com a mobilização das pessoas, a estratégia de gestão em saúde que Uberlândia não entrasse em epidemia de dengue no ano de 2017.

Secom PMU