quinta-feira, 17 de junho de 2010

Sexta-feira (18) é o último dia de vacinação contra a paralisia infantil

Até sexta-feira (18), crianças menores de cinco anos de idade ainda podem receber as gotinhas referentes à primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite. Para não deixar os pequenos de fora, pais ou responsáveis devem levá-los para receber a dose em qualquer uma das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs), dos Programas Saúde da Família (PSFs) e das Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), exceto UAIs Morumbi e São Jorge. A segunda etapa da Campanha será em agosto.

 

"O vírus da poliomielite está erradicado no Brasil, mas ainda existe em outros lugares do mundo. O último caso da doença registrado no nosso país foi em 1989, mas mesmo assim, trabalhamos para não deixar que o vírus retorne ao Brasil", explica Maria Aparecida dos Santos, coordenadora do Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

 

A coordenadora aponta que a vacina contra a poliomielite não tem contra-indicação e pede para que os pais não se esqueçam de levar o cartão de vacinação. "Além de ministrar a dose, que é de gotinha, colocaremos em dia as vacinas que estão atrasadas. Daí a importância de levar o cartão", expõe.

 

A meta da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Paralisia Infantil, em Uberlândia, é vacinar 39.900 mil crianças desta faixa etária, o que corresponde a 95% do público-alvo preconizado. Até sábado (12), a SMS já havia ministrado 36.323 doses, número que representa 84% das 42 mil crianças que tem menos de 5 anos e vivem em Uberlândia.

 

Saiba mais sobre a Poliomielite:

 

*A Poliomielite ou "paralisia infantil" é uma doença infecto-contagiosa viral aguda, de início súbito. Acomete membros inferiores de forma assimétrica, tendo como principal característica a flacidez muscular, com sensibilidade conservada e arreflexia;

 

*A vacinação é a única forma de prevenção e erradicação da Poliomielite;

 

*Os últimos casos de Poliomielite nas Américas ocorreram no Brasil em 1989 e no Peru em 1991. Atualmente, ainda há circulação de poliovírus em alguns países da África e Sudeste Asiático. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2007 foram confirmados 1.315 casos de poliomielite. Destes 1.208 (92,0%), estão concentrados em países considerados endêmicos, destacando-se: Índia, Nigéria, Paquistão e Afeganistão.

 

Fonte: www.saude.gov.br


Secom PMU

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br