quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Pontes de Amor promove encontro sobre vínculos familiares

A Pontes de Amor realiza, nesta quarta-feira, dia 9, o Encontro Mensal de novembro. Na reunião, que terá início às 19h30, será abordado o tema “Construção de vínculos familiares”.

O evento é gratuito e tem como público alvo famílias biológicas e adotivas, pretendentes à adoção e interessados no tema. Promovido na segunda quarta-feira de cada mês, o encontro acontecerá, desta vez, na avenida Fernando Vilela, 2.004, bairro Osvaldo Resende, próximo à esquina com avenida Paes Leme.

A coordenadora executiva e fundadora da Pontes de Amor, Sara Vargas, lembra que a adoção também é uma forma de construção familiar, com importantes especificidades. “Devemos ressaltar que este relacionamento interpessoal é entrelaçado por expectativas e fantasias”, afirma, destacando ainda a importância da reintegração familiar.

“Neste processo há a necessidade de se reconstruir ou construir laços que não estavam adequados anteriormente, formando um espaço de dignidade, proteção e cuidado à criança ou adolescente”, observa Sara Vargas.

A fundadora da Pontes de Amor aponta também o papel dos pais na reestruturação familiar. “Cabe a eles construir um modo singular de se relacionar com a criança, possibilitando o espaço para a formação do vínculo”, finaliza.

Mais sobre a Pontes

A Pontes de Amor é uma Organização da Sociedade Civil (OSC), sem fins lucrativos, filiada à Associação Nacional dos Grupos de Apoio à Adoção (ANGAAD). Criada em 2012, atua há quatro anos em Uberlândia e no Triângulo Mineiro em sintonia com a Vara da Infância e da Juventude, Órgãos e Conselhos de Direito da Criança e do Adolescente.

Idealizada pelo casal Sara Vargas e Rodrigo Rangel, a OSC surgiu diante da preocupação com a garantia dos direitos de crianças e adolescentes institucionalizados e dos altos índices de devolução de crianças por famílias adotivas no país. O projeto oferece apoio terapêutico, psicológico, jurídico e psicopedagógico antes e depois da adoção.

Fernando Natálio | Serifa