segunda-feira, 5 de março de 2012

Estudante do IFTM participa de intercâmbio científico na Bélgica

Diogo de Oliveira ficará por seis meses na Universidade de Ghent.

No último dia 27, o estudante do IFTM Campus Uberlândia, Diogo de Oliveira, embarcou para Bélgica. Aluno do 4° período do curso superior de Tecnologia em Alimentos ficará por seis meses no país para um intercâmbio científico na Universidade de Ghent.

Segundo professor Thiago Taham, o estudante é o primeiro do IFTM a viajar pelo programa. "Na Universidade de Ghent o aluno acompanhará atividades acadêmicas do curso de Biotecnologia e continuará a linha de pesquisa desenvolvida sob minha orientação na área de óleos vegetais", explica Taham.

A organização da viagem foi acompanhada pela equipe da pró-reitoria de pesquisa e inovação do IFTM no apoio das resoluções para acesso à bolsa concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq.

"Brasil vive um momento histórico especial com reconhecimento e maior atenção da comunidade internacional. Essa política de intercâmbios é estratégica para preparação do país. O desenvolvimento passa, necessariamente, pela educação e pela maior qualificação científica e tecnológica", destaca Carlos Alberto Alves Oliveira, pró-reitor de pesquisa e inovação do IFTM.

A parceria com a Universidade de Ghent foi estabelecida por meio do acordo de participação do IFTM no programa "Ciência sem fronteiras", do Governo Federal Brasileiro.

De acordo com pró-reitor, o IFTM possui também uma estudante de Engenharia agronômica do Campus Uberaba classificada no programa. "Daniela Xenofonte Pereira Valle está com viagem prevista para o segundo semestre deste ano. A Universidade escolhida foi Iowa State University, nos Estados Unidos", conta.

Ciência sem fonteiras
Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

Para outras informações sobre o programa acesse o site http://www.cienciasemfronteiras.gov.br

Rosiane Magalhães |  Comunicação IFTM Campus Avançado Uberlândia 
-- 
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO