segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Vistoria de vans escolares e de fretamento termina no dia 17 de fevereiro

Motoristas que prestam serviço de transporte escolar e fretamento têm até o dia 17 de fevereiro para levar os veículos para vistoria, um procedimento obrigatório para quem trabalha no setor. O agendamento deve ser marcado pelo telefone 3235-7743 (Núcleo de Controle e Fiscalização de Transportes). A vistoria é feita no Sest/Senat, localizado na avenida Generoso Mendonça, 4.900, bairro Jardim Europa, de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

A vistoria é realizada a cada seis meses para verificação das condições dos veículos, além da documentação necessária do condutor e do veículo. O objetivo é garantir a segurança dos usuários que utilizam o transporte, além de atender a legislação vigente e o Código de Trânsito Brasileiro.

Nos veículos são verificados itens como tacógrafo, extintor de incêndio, parte elétrica, licenciamento, apólice, estado de conservação e a vida útil do veículo, que desde 2006 ficou estipulada em 15 anos.

O condutor, por sua vez, tem que apresentar Carteira Nacional de Habilitação na categoria D, ter idade superior a 21 anos, e comprovar a participação em treinamentos de primeiros socorros, direção defensiva, entre outros. Os veículos e motoristas que não tiverem todos os itens aprovados têm dez dias úteis para providenciar a regulamentação.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Controle e Fiscalização de Transportes, Ubiratan Floriano, o prazo para vistoria não será mais prorrogado. "A vistoria começou no dia 2 de janeiro e deveria ser encerrada em 30 dias, mas adiamos esse término porque muitos condutores deixam para a última hora. Como o ano letivo vai começar nos próximos dias, quem ainda não passou pela vistoria deve se apressar",  ressaltou.

Atualmente, o município conta com 453 vans escolares e 76 de fretamento. Deste total, apenas 87 veículos escolares e 12 de fretamento foram vistoriados. Os motoristas que forem flagrados prestando o serviço com a vistoria vencida podem ser penalizados com multa, que pode variar de R$ 182.71 a R$ 228.39.

Secom PMU
-- 
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO