segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Obra musical de Milton Nascimento é apresentada em Uberlândia

Entrada é gratuita 

O Grupo Vocal Arte In Cena, vinculado ao Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, apresenta nos dias 14 e 15 de dezembro, no Teatro Rondon Pacheco, a peça teatral "Tons de Milton Nascimento".

Segundo Maria Benigna, diretora Geral e Musical do Grupo, esse é um trabalho cênico-musical que intercala várias linguagens como teatro, dança, música vocal, literatura e artes visuais e conta com aproximadamente 25 integrantes entre alunos, banda e convidados para desenvolvê-las. "Apresentaremos um lindo e rico repertório de um dos maiores expoentes da música popular brasileira: Milton Nascimento", afirma.

O espetáculo "Tons de Milton Nascimento" é apoiado pelo IAMAR – Instituto Alair Martins por meio do patrocínio das empresas Martins e Tribanco, através da Lei de Incentivo à Cultura Municipal e apoiado pelo Conservatório Estadual Cora Pavan Capparelli, Dicult, Proex e Terracota Dança Afro-Contemporânea.

A entrada é franca e os ingressos podem ser retirados no Conservatório e no Teatro Rondon Pacheco.

Espetáculo cênico-musical "Tons de Milton Nascimento"
Data: 14 e 15 de dezembro
Horário: 19h e 20h30, em ambos os dias
Local: Teatro Rondon Pacheco – Rua Santos Dumont, 517 - Centro 


Sobre o Grupo
O Grupo Vocal Arte In Cena foi criado em 2003, por iniciativa da professora Maria Benigna Ferreira de Morais e é composto por alunos do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli e pessoas da comunidade em geral. O Grupo nasceu dentro de uma filosofia cênico-musical e vem desenvolvendo seu trabalho com o intuito de integração de vários segmentos da arte, proporcionando a união entre os participantes (consciência de grupo), o que contribuiu para formação de cidadãos mais interativos, participativos, sociais e solidários.

O Arte In Cena já se apresentou diversas vezes em Uberlândia e em cidades vizinhas, contribuindo ao longo de sua trajetória para o engrandecimento da cultura de Uberlândia e região, pois acredita no "poder transformador da arte". Dentre suas diversas apresentações estão: ECOS DA MÚSICA NEGRA; RECORTES DA ARTE BRASILEIRA; RECORTES DA ARTE BRASILEIRA 2, MUSICAL ANOS 60, entre outros.

via Carolina Ikeda | Amorà
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO