sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Continua na Aciub o atendimento do Programa Crescer

Os donos de bares, mercearias, quitandas, padarias, comerciantes de alimentos, borracheiros, funileiros, eletricistas, sucateiros, cabeleireiras, manicures, camelôs, ambulantes, chaveiros, sapateiros, serralheiro, tapeceiros, costureiros, feirantes, vendedores de artesanatos, bijuterias, roupas, cosméticos, produtos de limpeza e comércio de doces e salgados, agora tem orientação específica e recursos com juros bem mais baixos do que os praticados no mercado para investir em seus negócios. A Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub), em parceria com a Prefeitura de Uberlândia, Sebrae-MG, Banco do Brasil, Caixa e Governo Federal, lançou este mês o Crescer – Programa Nacional de Microcrédito.

O Crescer foi criado pelo governo federal com o objetivo de oferecer crédito aos micro-empreendedores do país, com as melhores condições de prazo e encargos financeiros, proporcionando assim a geração de renda e emprego para os brasileiros.

O Programa Nacional de Microcrédito foi criado para empreendedores com faturamento de até R$ 120 mil ano. Através deste programa o governo federal pretende atingir cerca de 3,4 milhões de empreendedores até o final de 2013. O diferencial desse programa é que ele não exige garantia de pagamento para quem está adquirindo a dívida. As taxas de abertura de crédito são de 1% sobre o montante. Os juros são de até 8% ao ano. O valor disponibilizado pelo governo federal para essa linha e todo país é de R$ 3,15 bilhões. O crédito tem limite de R$ 15 mil por empreendedor. O prazo para pagamento poderá ser de até 36 meses e os empreendedores poderão optar pelo capital de giro ou investimento.

Para obter mais informações os interessados devem procurar o balcão de atendimento na sede da Aciub, na avenida Vasconcelos Costa, 1.500, bairro Martins. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h. 

via Lucas Barbosa | G.A.
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO