terça-feira, 26 de julho de 2011

SESC apresenta Sonora Brasil no Teatro Rondon Pacheco

Com entrada franca, evento trará Gilberto Monteiro e grupo (RS), no próximo dia 1º

O Sonora Brasil – Circuito 2011/2012 é um projeto temático que tem como objetivo desenvolver programações identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil. Em cumprimento à sua missão de difundir o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não comercial, o Sonora Brasil consolida-se como o maior projeto de circulação musical do país. Em 2011, serão 420 concertos em 110 cidades. A ação possibilita à comunidade o contato com a qualidade e a diversidade da música brasileira.

De acordo com a diretora do SESC UBERLÂNDIA, Roseane Cence Lopes, o Sonora Brasil promovido pelo Departamento Nacional do SESC desde 1998 em vários estados, vem pela primeira vez para Uberlândia, propondo ao público novos hábitos de apreciação musical. "O projeto promoverá apresentações de caráter essencialmente acústico, que valorizam a pureza do som e a qualidade das obras e de seus intérpretes", disse Roseane.

O 1º Circuito em Uberlândia traz o espetáculo "Sotaques do Fole", o acordeão em suas variantes regionais ligadas à tradição oral, trazendo a gaita-ponto, com o músico Gilberto Monteiro (RS), a sanfona de oito baixos, com o músico Truvinca (PE), e o acordeão de 120 baixos, com Dino Rocha (MS).

O repertório é composto por vaneras, vanerões, chamamés, chamarritas, contra-passos, xotes, bugios, milongas e rancheiras. Ritmos que ganham espaços e definem seus estilos ao som da gaita-ponto, instrumento que representa a música característica da região sul do país.

O espetáculo "Sotaques do Fole" acontecerá no próximo dia 1º, às 20h no Teatro Rondon Pacheco. Rua Santos Domunt, 517 – Centro. Fone: (34) 3235-9182

ENTRADA FRANCA

Douglas Luzz | Ciclo

--
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura