quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Procon divulga pesquisa de preços para material escolar

Início de ano, volta às aulas e muita procura nas papelarias. Com a lista de materiais em mãos, muitos pais andam de loja em loja em busca do menor preço. Para facilitar as compras de material, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), realizou no período de 04 à 11 de janeiro uma pesquisa de preços com os 39 itens mais pedidos pelas escolas.

Foram oito papelarias pesquisadas, nos bairros Brasil, Aparecida, Santa Mônica, Martins, Granada, Planalto e Luizote de Freitas. "Além das marcas especificas, pedimos um detalhamento do produto, para garantir que seja o mesmo produto em todos os estabelecimentos pesquisados. Isso evita confusão na hora das compras e dá mais comodidade para os consumidores", destacou Franco Cristiano, superintendente do Procon.

A variação máxima encontrada de um estabelecimento para outro é de 191,67 %, na borracha dura pequena "Red Bor/60", que pode ser encontrada com valor entre R$ 0,12 e R$ 0,35. "Apesar de ser um íten de valor baixo, a diferença de preço é considerável e os pais devem levar isso em consideração na hora da compra", contou o superintendente.

            A pesquisa revelou que a menor variação foi a do "Papel sulfite 500 fls. A4" da Chamex, de 27,52%. O produto é encontrado por R$ 10,90 na de menor valor e por R$13,90 na de maior valor.

            A lista completa está aqui ou no portal da Prefeitura de Uberlândia (www.uberlandia.mg.gov.br). "Se o consumidor quiser uma cópia da pesquisa pode ir até o Procon. Em caso de dúvida, é só ligar no 3291-1600", concluiu Franco Cristiano.

 

Rafael Guimarães | Secom PMU


-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa