sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Calu divulga o edital do 11º Concurso Literário nas escolas públicas de Uberlândia

A Cooperativa Agropecuária Ltda. de Uberlândia - Calu lançou esta semana o edital do 11º Concurso Literário Calu. O regulamento será distribuído pela Superintendência Regional de Ensino e o Cemepe - Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz nas escolas das redes estadual e municipal de Uberlândia. As instituições têm até o dia 22 de novembro para inscreverem os trabalhos.

 

O Concurso Literário é direcionado para os alunos do ensino fundamental. Eles podem concorrer em cinco categorias: Categoria A (1º, 2º e 3º Anos); Categoria B (4º e 5º Anos); Categoria C (6º e 9º Anos); Categoria D (8º e 9º Anos) e Categoria E (Educação Especial).

 

O Concurso abrange duas modalidades. Os alunos inscritos nas Categorias B, C e D desenvolverão redações. Já os estudantes das Categorias A e E concorrem com desenhos.

 

De cada Categoria sairá um vencedor. Os campeões ganham prêmios da Cooperativa e a escola onde estudam são contempladas com um lanche especial oferecido pela Calu.

 

Esse ano o tema sugerido é "O que se faz com o leite?". Segundo a coordenadora do projeto, Érica Magalhães, o objetivo geral, como em todas as edições, é focar a importância do leite na alimentação, ressaltando uma dieta saudável. "Nessa edição, queremos que os alunos pesquisem sobre os derivados do leite e encontrem nos estudos a informação sobre os nutrientes existentes nesse alimento indispensável em nossa alimentação", detalha.

 

De acordo com o diretor geral da Cooperativa, Ulysses de Freitas, o intuito do Concurso Literário é fazer com que as crianças pesquisem e aprendam mais sobre a cadeia produtiva do leite e, consequentemente, percebam o quanto o leite é importante na alimentação. "É uma forma de elas conhecerem a quantidade de nutrientes ricos que encontramos no leite e seus derivados. Assim, as incentivamos a ter uma alimentação saudável", pontua o executivo.

 

A expectativa do presidente da Calu, Eduardo Dessimoni, é positiva. "No ano passado tivemos mais de 12 mil alunos envolvidos. Nessa 11º edição, nós esperamos que esse número dê um grande salto. Temos investido muito nos nossos trabalhos sociais e o Concurso Literário é um das nossas primeiras ações nesse sentido. Já fomos reconhecidos em nível regional e nacional por desenvolver esse projeto e a cada ano queremos que ele cresça e atinja muito mais crianças", diz.

 

Érica Magalhães | MF 

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa