sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Candidato Luiz Humberto Carneiro ouve reivindicações da classe lojista

Café com candidatos

O presidente da CDL Uberlândia, Celso Vilela, diretores da entidade e empresários locais receberam na manhã desta quinta-feira (9), na sala de reuniões da CDL, o deputado estadual Luiz Humberto Carneiro (PSDB), candidato à reeleição para a Assembleia Legislativa.

O candidato falou sobre os programas e investimentos nas áreas da saúde, segurança pública, educação, pesquisa, serviços urbanos como iluminação pública, esporte e rodovias. Ele também destacou o gás natural para o desenvolvimento industrial do Vale Jequitinhonha, e ressaltou sobre a alta carga tributária que sobrecarrega todos os empresários de Minas. Luiz Humberto destacou o avanço na segurança em Uberlândia, com o aumento da frota de viaturas para Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, além da instalação das câmeras de vídeo monitoramento na região central da cidade.

Luiz Humberto ainda fez uma prestação de contas e disse que sempre buscou trazer recursos para Uberlândia. Ele afirmou que Minas Gerais tem sido um modelo para o Brasil em termos de gestão da segurança. "Em anos anteriores tínhamos sete mil viaturas, hoje são 15 mil novos veículos. Antes eram cinco mil vagas disponíveis nas penitenciárias, hoje são 25 mil, sem contar que todo policial precisa ter curso superior. Na saúde foram investidos R$ 3,6 milhões. Na área de pesquisa da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), foram R$ 19,6 milhões em sete anos para implementação de cursos", afirma Carneiro.

Ele também lembrou os investimentos aplicados nas reformas de todas as Unidades de Atendimentos Integrados (UAI's), na construção do Hospital Municipal, além de recursos para o Hospital de Clínicas da UFU. "O governo Federal investiu R$ 350 milhões em Uberlândia, nos últimos oito anos", ressalta Luiz Humberto.

Quanto às obras nas rodovias da região, Carneiro falou sobre a necessidade de mais investimentos, já que considera Uberlândia como a capital da logística. "Para ajudar no desenvolvimento do Estado, lançamos o projeto Caminho de Minas. Serão 7.600 km em obras que ligarão trechos importantes, como a MGT 455, estrada que liga Uberlândia a Campo Florido, com extensão de 106 km. Essa é uma estrada importante que serve para escoamento da produção local e liga o centro-sul do país com a região sudeste e alguns estados do centro-oeste e também a estrada de Campo Verde até Itapagipe, entre outras", destacou Luiz.

Minas Gerais possui uma das maiores jazidas de gás natural, localizada no Vale do Jequitinhonha. "Agora, se estuda a viabilidade econômica para passar por Uberlândia e chegar a Uberaba para ser utilizado na fábrica de amônia", comentou Luiz Humberto.

"É preciso lutar para que o gás seja utilizado também pelas novas indústrias que buscam se instalar na cidade", lembrou o conselheiro consultivo da CDL Uberlândia, Rubens Spirandelli, que reivindicou também a regulamentação do Código de Defesa do Contribuinte, parado há oito anos no Congresso Nacional.

Na ocasião, o diretor de alianças e parcerias da CDL, Cícero Heraldo de Oliveira Novaes, reivindicou a urgência de uma reforma tributária. "Precisamos de uma política fiscal mais leve para que o empresário não se sinta tão apertado", diz Novaes.

Ao entregar uma pauta de reivindicações ao candidato, o presidente da CDL, Celso Vilela, fez um apelo comum a todos os lojistas: "Os pequenos e médios empresários clamam pelas câmeras de vídeo monitoramento nas principais avenidas da cidade, como Fundinho e em outras regiões, além de policiamento que possa promover mais segurança aos lojistas".

O vice-presidente CDL Uberlândia, Paulo Vitiello, acrescenta que cidades com boa iluminação pública contribuem para a segurança da população. "A Cemig faz parcerias com vários municípios para que fiquem mais iluminados, principalmente em épocas comemorativas, como o Natal. Além da cidade ficar mais bonita, todos se sentem mais seguros", comenta Vitiello.

Celso Vilela reafirma a necessidade da iluminação pública para destacar as potencialidades e ajudar no incremento de vendas durante a época natalina. "Uberlândia merece maior atenção por parte da Cemig em iluminação de pontos estratégicos, a exemplo do que é feito em outras metrópoles de Minas", concluiu Celso Vilela.


Alitéia Milagre | Serifa


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br