terça-feira, 28 de setembro de 2010

Bangue-bangue à italiana é destaque da programação do Cineclube Cultura do mês de outubro

Os filmes de faroeste feitos na Itália, conhecidos popularmente como Spaghetti Western,  surgiram  na década de  60,  quando  a indústria cinematográfica  italiana  resolveu  investir  em um  gênero  já  consagrado  pelo  cinema  norte-americano.  As características  desta  produção  e  sua   importância,  do   ponto  de  vista  da linguagem,  direção,  uso do  som  e da música,  podem  ser  apreciadas  numa série de filmes que a Secretaria Municipal de Cultura exibe no mês de outubro pelo projeto "Cineclube Cultura", às 20h na sala Roberto Rezende, da Oficina Cultural. 

 

A mostra dedicada ao faroeste italiano terá início no próximo sábado (2), com a apresentação do filme Meu nome é ninguém, longa-metragem de 1973 com Henry Fonda, Terence Hill e Jean Martin. No domingo (3), o público confere Por um punhado de dólares, com Clint Eastwood, Marianne Koch e Gian Maria Volonté.

 

Confira a programação completa:

 

 

Cineclube Cultura – Spaghetti Western - Bangue-Bangue à Italiana

Dia 02 – sábado

Meu nome é ninguém (Il Mio nome è nessuno, Itália, França, 1973)

Direção de Tonino Valerii

Com  Henry Fonda, Terence Hill, Jean Martin. Cor, 117 min.

Jack Beauregard (Henry Fonda) é o último dos pistoleiros do Velho Oeste, mas sua aposentadoria é adiada quando o atrevido "Ninguém" (Terence Hill) lhe oferece a chance de entrar para a História ao propor que enfrente um bando de 150 homens.

 

Dia 03 – domingo

Por um punhado de dólares (Per un pugno di dollari, Itália, Espanha, Alemanha, 1964)

Direção de Sergio Leone

Com Clint Eastwood, Marianne Koch, Gian Maria Volonté. Cor, 100 min.

Por um punhado de dólares é  o filme que colocou o spaghetti western em evidência e reflete influências recebidas do filme Yojimbo, do cineasta japonês Akira Kurosawa.

O filme narra a saga de um pistoleiro misterioso, interpretado por Clint Eastwood. Logo que chega a San Miguel, uma cidadezinha rude, um pistoleiro (Clint Eastwood) é recebido por dois grupos rivais de contrabandistas e passa a receber ofertas das duas gangues em troca de sua lealdade. Ele aceita as duas propostas e planeja destruir os dois grupos, desmascarando os criminosos.

 

Dia 09 – sábado

Três homens  em  conflito (Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo, Itália, Espanha, Alemanha, 1966)

Direção de Sergio Leone

Com Clint Eastwood, Lee Van Cleef, Eli Wallach. Cor, 161 min.

Durante o auge da Guerra Civil, três pistoleiros unidos pelo destino, juntam suas forças para tentar encontrar uma fortuna em ouro roubado.  Apesar de precisarem se unir para conseguir achar o que procuram, eles terão que lutar contra os diferentes interesses de cada um  e, assim, descobrirem que seu maior desafio é manter sua perigosa missão e suas vidas, atravessando um país arrasado pela guerra.

 

Dia 10 – domingo

Sabata  (Ehi amico... c'è Sabata, hai chiuso!, Itália, 1969)

Direção  de Gianfranco Parolini

Com Lee Van Cleef, William Berger, Ignazio Spalla. Cor, 109 min.

Sabata (Lee Van Cleef) é o misterioso pistoleiro que, após ter descoberto que os poderosos da cidade de Daugherty estão por trás de um intrincado golpe bancário, impõe sua justiça a bala. Neste e nos outros filmes da trilogia "Sabata", o maneirismo atinge o seu mais alto grau de estilização, na extravagância dos planos, na velocidade da ação, no desrespeito consciente às leis da gravidade, na sua violência gráfica e no uso de cores berrantes, pouco comuns nas produções do gênero.

 

Dia 16 – sábado

O dólar furado  (Un dollaro bucato, Itália, França, 1965)

Direção de Giorgio Ferroni

Com  Giuliano Gemma, Evelyn Stewart, Peter Cross. Cor, 99 min.

Gary O'Hara, interpretado por Giuliano Gemma (escondido por trás do pseudônimo de Montgomery Wood) é um soldado que retorna da guerra para lutar uma outra em casa. Sem ele saber, seu irmão se transformou num pistoleiro infame. O'Hara concorda em fazer uma emboscada para matá-lo, e então descobre quem realmente é o fora-da-lei.

 

Dia 17 – domingo

Por uns dólares a mais (Per qualche dollaro in piú, Itália, Espanha, Alemanha, 1965)

Direção de Sergio Leone

Com Clint Eastwood, Lee Van Cleef, Gian Maria Volonté. Cor, 132 min.

Eastwood é um caçador astuto e de olhar aguçado seguindo a trilha sangrenta de Índio, o bandido mais traiçoeiro do território. Mas seu rival, o coronel Mortimer (Lee Van Cleef), está determinado a apanhar Índio primeiro, vivo ou morto. Sem conseguir agarrar sua presa, ou eliminar um ao outro, os dois têm apenas uma opção: aliarem-se, ou enfrentarem a morte certa nas mãos de Índio e seu bando de assassinos.

 

Dia 24 – domingo

O retorno de Sabata (È tornato Sabata... Hai chiuso un'altra volta, Itália, França, Alemanha, 1971)

Direção de Gianfranco Parolini

Com Lee Van Cleef, Giampiero Albertini, Reiner Schöne. Cor, 100 min.

Lee Van Cleef encarna novamente o papel do enigmático  e  certeiro pistoleiro Sabata que, ao ser enganado, em cinco mil dólares, por um bando de foras-da-lei, vai atrás de vingança.

  

Onde: Oficina Cultural de Uberlândia - Sala Roberto Rezende

Local: Pça. Clarimundo Carneiro, 204, bairro Fundinho

Horário: 20h

Entrada franca

 

 

 

27/09/10

 


Secretaria Municipal de Comunicação Social

Av. Anselmo Alves dos Santos, 600, Uberlândia / MG

(34) 3239-2684 / 2441 / 2883

 

 

 




--
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa