quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Atendimentos da Assessoria de Crédito da Fiemg crescem em relação à 2009

Atualmente, a facilidade de crédito é grande. São várias modalidades que refletem a quantidade de bens e serviços que foram disponibilizados aos brasileiros nos últimos anos. Conhecer cada uma delas permite que o consumidor possa determinar qual se encaixa melhor ao seu propósito e também não pesa no orçamento familiar ou da empresa, afinal os juros podem ser armadilhas em que se contraia uma dívida maior do que a esperada.


Para entender e conhecer melhor os créditos disponibilizados, a Fiemg Regional Vale do Paranaíba e o Cintap oferecem consultorias sobre o assunto através da Assessoria de Crédito, coordenada pela especialista, Josmara Galvão. "Os empresários sempre nos procuram para saber um pouco mais sobre as possibilidades financeiras que o auxiliem a viabilizar alguma expansão, relocalização, modernização ou mesmo um processo de inovação. Quanto à este último, temos o Núcleo de Inovação Tecnológica da Fiemg para que encontremos a melhor linha de crédito para o cliente", conta Josmara.


Segundo a Assessoria de Crédito, no último semestre, foram 622 atendimentos à empresas que buscaram consultoria e foram aproximadamente R$ 18,5 milhões aprovados e liberados. Esses números mostram um aumento de quase 50% por cento em relação ao atendimento feito no mesmo período em 2009. "Os empresários já descobriram que a Assessoria é uma ligação importante entre eles e as geradoras de crédito, tornando os projetos adequados para cada tipo de crédito. Por isso, o número de atendimentos foi maior do que o ano passado", explica a coordenadora.

Tipos de Crédito

Para pessoas físicas, há algumas linhas de crédito mais comuns, como: Crédito Consignado, Crédito Direito ao Consumidor (CDC), Crediário (juros do comércio), Crédito Pessoal, Cheque Especial e Cartão de Crédito, as quais são trabalhadas dentro do Convênio Caixa Econômica/Cintap, o "Caixa Aqui". Já para pessoas jurídicas, o segmento de crédito tem um diferencial devido às necessidades das empresas. A Assessoria monitora mais de 100 linhas de crédito de parceiros como BNDES, BDMG, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, com a finalidade de oferecer ao empresário a melhor condição de financiamento (menor taxa, maior prazo e carência).


De acordo com Josmara Galvão, os mais solicitados são aqueles para capital de giro, máquinas e equipamentos ou reforma e construção civil. Para capital de giro, a linha mais atrativa é de 0,95% de taxa ao mês, em que o empresário tem o prazo de 24 meses para quitar a dívida. Para máquinas e equipamentos, a linha mais procurada tem taxa de 0,45% ao mês e o empresário tem até oito anos para pagar. Para o segmento de reforma e construção civil, a taxa é de 0,87% ao mês e o empresário também tem oito anos para finalizar o pagamento do empréstimo.

"Ainda existem os créditos para projetos de inovação que são pouco conhecidos ainda. Eles podem ser reembolsáveis ou não-reembolsáveis, que são aqueles em que o empresário não necessita pagar pelo dinheiro emprestado, e dependendo o projeto, a empresa pode conseguir o teto disponibilizado para esse recurso que é de R$10 milhões", conta a coordenadora da Assessoria de Crédito da Fiemg.


Para marcar um horário com a Assessoria de Crédito Fiemg/Cintap, o interessado deve entrar em contato pelo telefone: (34) 3230-5200 ou pelo email credito@cintap.com.br

 

Karen Cardoso | Serifa 

-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa