quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Abertas as inscrições para o Prêmio Empresário Herói

Objetivo do prêmio é reconhecer as empresas que investem em sustentabilidade, posicionamento institucional e atuação no mercado regional

O prêmio "Empresário Herói" foi criado em 2009 pela Fiemg Regional Vale do Paranaíba, com o apoio do Centro Industrial e Integração de Negócios do Triângulo e Alto Paranaíba (Cintap), do Instituto Inderc, Sindicatos Patronais da Indústria e Revista Mercado, para premiar os empresários de destaque em Uberlândia e região.

A premiação, que é realizada anualmente, tem o objetivo  de reconhecer as empresas que investem em sustentabilidade (econômica, social, ambiental e cultural), no posicionamento institucional e na atuação no mercado regional. "O Prêmio Empresário Herói é um estímulo a empresas que desejam alcançar excelência em suas atividades produtivas e nos assuntos de Sustentabilidade", explica a gerente de projetos do Cintap, Daniela Dias

A disputa esse ano terá várias categorias, entre elas: Micro/Pequena, Média e Grande Empresa, Projeto Social, Projeto Ambiental, Projeto Cultural, Campanha Publicitária e Inovação Tecnológica e serão selecionados 03 finalistas para cada categoria, dos quais apenas um será o vencedor.

A FIEMG Regional Vale do Paranaíba e a Revista Mercado serão organizadoras da solenidade de entrega do Prêmio, que se realizará em 28 de outubro de 2010, às 21h, na sede da FIEMG Regional Vale da Paranaíba, avenida Rondon Pacheco, 2100, Vigilato Pereira. No evento o nome do vencedor será anunciado receberá um certificado, uma entrevista na Revista Mercado, um troféu e a cessão de um selo referente ao Prêmio Empresário Herói.

As inscrições para quem deseja concorrer já iniciaram q vão até o fim de setembro. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (34) 3230-5200 ou pelo email: projetos@cintap.com.br.

Regulamento

 Para participar as empresas de micro e pequeno porte, legalmente constituídas devem ter no mínimo dois anos de atuação no mercado, as de médio e grande porte devem ter cincos anos, além de estar associadas à Fiemg, Sindicatos Patronais ou Cintap/ Eco Instituto Inderc. Quanto as categorias de porte, a empresa inscrita pode concorrer em apenas um segmento, mas nas categorias específicas, ela pode disputar mais de um prêmio.

A Comissão Organizadora irá avaliar as empresas através de três critérios: institucional, atuação no mercado regional e sustentabilidade. Na primeira a empresa deve apresentar sua constituição legal, comprovação de atuação no ramo; na segunda avaliará o associativismo, inovações tecnológicas, faturamento, operações bem sucedidas que levam ao lucro; para finalizar, e em destaque, a Comissão analisará a Redução de impacto social e ambiental (RES), investimento social privado – ações filantrópicas desenvolvidas na comunidade, segurança no trabalho, qualidade de vida no trabalho, economia e reuso de recursos naturais esgotáveis, cotas para pessoas com deficiência, dentre outros neste sentido de contribuir com a perenidade do ser humano com qualidade de vida.

"A comissão será criteriosa e imparcial para que encontremos realmente o maior merecedor dos prêmios", finaliza Daniela Dias.

Karen Cardoso | Serifa
-- 
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa