quinta-feira, 20 de maio de 2010

Circuito Double Dança levará 16 atrações à praça Clarimundo Carneiro nesta quinta-feira (20)

Já está tudo pronto para a abertura do "Circuito Double Dança", que começa nesta quinta-feira (20), na praça Clarimundo Carneiro, às 19h30. O palco que receberá diversos artistas, grupos e companhias de dança de Uberlândia e de Belo Horizonte está montado, assim como os equipamentos de som e iluminação cênica. "São 48 mil watts de iluminação, 12 mil watts de sonorização para os espetáculos de dança e 16 mil watts para os shows musicais. Além disso, preparamos um palco de dez metros de largura e nove metros de profundidade, equipado com cinco aparelhos de moving, utilizados para enriquecer a composição artística. Quem passar pela praça vai ver um evento de qualidade, com produção profissional", explicou Heitor Paparotto, diretor técnico da Secretaria Municipal de Cultura (SMC).

 

Espetáculo Construção

 

A primeira noite de espetáculos será aberta com a coreografia "Construção", encenada por 21 bailarinos da Companhia de Dança SESIMINAS, de Belo Horizonte. Além do grupo, outras 15 atrações subirão ao palco do "Circuito Double – Dança" nesta quinta-feira.

 

De acordo com Márcio Melo, coordenador artístico da Companhia de Dança SESIMINAS, o espetáculo tem aproximadamente 40 minutos de duração e mistura balé clássico com música popular brasileira. "Desenvolvemos esta coreografia para comemorar o aniversário de 20 anos da companhia, do Teatro e da orquestra SESIMINAS. E quando pensamos em um eixo temático, decidimos utilizar a questão da dança como uma forma de expressão cultural livre. Daí a ideia de trazer a época da ditadura e as músicas deste período, onde os jovens desejavam se expressar. Utilizamos canções dos grandes festivais dos anos 60 e 70, com Edu Lobo, Caetano Veloso, Milton Nascimento e Sivuca para montar este espetáculo, concebido desde janeiro", pontuou.

 

Segundo o coordenador, Uberlândia é a primeira cidade depois de Belo Horizonte a conhecer a nova produção da companhia. "Nós estreamos na quinta-feira passada (13), há exatamente uma semana atrás. Estamos com uma expectativa muito grande, pois Uberlândia é, para nós, uma referência muito grande. E se existe um lugar onde se incorporou a dança, este lugar foi aqui".

 

Apesar de não terem vivido na época da ditadura, Betânia Paiva, 28 anos e Fhilipe Teixeira, 24 anos, primeiros bailarinos e protagonistas do pas-de-deux do "Construção", se emocionaram com o enredo e montagem do espetáculo. "Foi difícil, mas ao mesmo tempo prazeroso. Tentamos recriar uma época que nós não vivemos e acabamos descobrindo sentimentos. Apesar de não termos participado deste período, vimos que ele faz parte das nossas vidas, através da história de nossos pais", disse Betânia.

 

"Uma pessoa que me inspirou muito foi a minha avó, pois ela viveu nesta época e sempre falou comigo a respeito. Coincidentemente, veio este trabalho e eu achei interessante. No início, fiquei com medo de não conseguir passar aquele sentimento que era tão importante para ela, mas no final, acho que consegui retratar tudo de uma forma bem bacana. Tanto que convidei minha avó para conferir a estreia. E ela adorou", revelou Fhilipe, que é bailarino desde os 11 anos de idade.

 

Prévia

 

Nesta manhã, o coordenador artístico e o casal de bailarinos foram conhecer de perto a estrutura do circuito. Eles aproveitaram para subir ao palco e fazer uma pequena apresentação, que chamou a atenção de quem passava pelo local.

 

"Eu estava atravessando a praça e decidi parar para ver a dança. Não poderei vir hoje à noite, porque vou trabalhar. Mas se eu pudesse, traria minhas duas filhas para ver. Achei muito bonito", expôs Adelice Juliana, auxiliar de serviços gerais.

 

 Programação

 

Na quinta-feira (20) e no sábado (22), a partir das 19h30, o público irá conferir 37 coreografias de dança. "O compromisso da secretaria de Cultura é com o público de Uberlândia. Este tipo de espetáculo foi preparado para que todos possam conferir e apreciar espetáculos de qualidade, em um local democrático que é a praça. Por isso, o Circuito Double é um convite para toda a família. Teremos espetáculos que irão agradar não apenas adultos, mas crianças também", finalizou Dickson Du-Arte, coordenador do setor de dança.

 

Confira atrações desta quinta-feira (20):

 

*Companhia de Dança SESIMINAS, com coreografia "Construção"

*Centro de Dança Talentos, com coreografia "Intervalo"

*Cia de Dança Expressão, com coreografia "Entre nós"

*Crazy Dance Cia de Dança, com coreografia "Jeitinho Brasileiro"

*Grupo de Dança Minas do Hip Hop, com coreografia "Procurando por Você"

*Bele Fusco Aziza Escola de Danças, com coreografia "Dança"

*Cia de Dança Alex Feliciano, com coreografia "Reconhecendo Estilo"

*Grupo Flamenco Verushka Mendes, com coreografia "Aire Flamenco"

*Cia de Dança Uberlândia, com coreografia "Ser Brasileiro é Minha Profissão"

*Cia de Dança Marildes Fernandes, com coreografia "Vou Só"

*Academia de Danças Orientais Thássia Camila, com coreografia "Encantos da Índia"

*Academia Malha Ação, com coreografia "Gafieira"

*Studio V Escola de Dança, com coreografia "Raks Sharki"

*Centro de Dança Talentos, com coreografia "Fome Cotidiana"

*Grupo Levita de Dança, com coreografia "Jazz na Índia"

*Cia de Dança Manos do Hip Hop, com coreografia "Ao Som dos Tambores, ao Som do Brasil"

 

Secom PMU 



--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa | www.coletivodeimprensa.jor.br