quinta-feira, 22 de abril de 2010

Tecnologia, investimento e mercado mundial estão entre os temas do Encontro de Pecuária Leiteira

O prefeito Odelmo Leão participou da abertura do primeiro dia do 1º Encontro da Pecuária Leiteira nos Trópicos, em Uberlândia, ao lado do ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, do presidente da Cooperativa Agropecuária Ltda. de Uberlândia (CALU), Eduardo Dessimoni Teixeira, da secretária municipal de Agropecuária e Abastecimento, Walkiria Naves, e outras autoridades.

 

O evento é uma parceria da Prefeitura de Uberlândia com a CALU e faz parte do programa "Educação no Campo" da Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento. O público assistirá a palestras sobre raças de gados que se adaptam melhor ao clima tropical, novas tecnologias para o sistema de produção de leite e o conhecimento do mercado leiteiro e macroeconômico brasileiro e mundial.

 

"A área rural de Uberlândia possui 65% de sua produção voltada para a pecuária leiteira. O produtor precisa saber sobre as novas tecnologias e entender as exigências do mercado, para saber o momento de investir. É fundamental que hoje o produtor faça a gestão de sua propriedade, por isso a necessidade de capacitá-lo com as noções de mercado", explicou Walkiria Naves.

 

O ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, abriu o ciclo de palestras e ressaltou a importância do produtor conhecer o mercado leiteiro e o sistema econômico mundial. "Uberlândia e a região estão entre os maiores pólos de produção leiteira do país. Por isso, é preciso ficar atento à competição de países estrangeiros que estão investindo cada vez mais em novas tecnologias para o setor que depende bastante de um ambiente econômico estável", disse.

 

Um dos aspectos que influenciaram a realização do encontro é a grande bacia leiteira existente em Uberlândia e o potencial de crescimento do setor. De acordo Eduardo Dessimoni, presidente da CALU, a intenção é mostrar tudo que há de mais moderno na produção de leite nos trópicos. "O clima da região sudeste é mais favorável à produção e tem custos menores do que nas regiões de climas temperados. É preciso tirar proveito desses benefícios e, por isso, precisamos difundir novos modelos de tecnologias para a produção leiteira na região tropical", explicou.

 

Para o gerente de Desenvolvimento e Assistência Técnica, Marcelo Nogueira Reis, o encontro de pecuária leiteira tem palestras que levam novas opções ao produtor. "Nós tínhamos alguns modelos antigos em relação à produção de leite que hoje precisam ser atualizados. O produtor precisa ter novas tecnologias para melhorar os resultados. A concorrência é muito grande, principalmente no mercado globalizado atual", disse.

 

Homenagem

 

O prefeito Odelmo Leão e o ex-ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, foram homenageados com uma placa que destaca o apoio aos produtores rurais e às parcerias desenvolvidas pela Prefeitura de Uberlândia, como os projetos "Leite a Pasto" e outros de capacitação e assistência a esses produtores.

 

Segundo Odelmo Leão, a PMU é uma parceira constante do setor agropecuário. "A iniciativa do encontro é muito importante para a região. Investir no produtor rural, no trabalhador, no técnico e no homem que vive no campo é investir na economia e crescimento da cidade", afirmou.

 

O 1º Encontro de Pecuária Leiteira nos Trópicos continua na tarde desta quinta-feira (22) e segue até às 17h45 de amanhã (23), no Centro de Convenções do Center Shopping.

 

Fillipe Alves

Secom PMU
--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura