terça-feira, 2 de março de 2010

Uberlândia ganha centro de treinamento para produtores de leite

Será inaugurado, neste sábado (06/03), em Uberlândia, o Centro de Treinamento para produtores de leite do Triângulo Mineiro. Localizado em uma fazenda a 5 km da cidade, o local conta com uma estrutura completa para a realização de aulas práticas sobre ordenha mecânica e, inclusive, uma sala de aula com capacidade para abrigar 20 alunos.
 
O curso, cujas aulas estão previstas para começar no dia 10 de março, terá a duração de um dia, com aulas das 8 às 17 horas. Durante o treinamento, que será conduzido pelo médico veterinário Camon José Antônio de Souza, os participantes terão a oportunidade de aprender a operar e fazer manutenção corretamente da ordenhadeira mecânica; trabalhar a rotina de ordenha; entender como funciona e como é feita a limpeza dos equipamentos utilizados no processo e ainda como prevenir a mastite e garantir a qualidade do leite.
 
De acordo com o coordenador e criador do curso, Paulo Garcia, proprietário da empresa Tiraleite Sulinox, o objetivo do treinamento é "oferecer ferramentas aos participantes para que a ordenha mecânica auxilie os produtores a reduzir custos, aumentar a produção e atender as exigências legais e de mercado por qualidade".
 
O curso está aberto para produtores, funcionários de fazendas, estudantes e quaisquer pessoas que tenham interesse em aprender corretamente as técnicas de ordenha.
 
"A ideia de trazer para Uberlândia o Centro de Treinamento Tiraleite Sulinox tem como meta fazer com que o produtor seja bem sucedido na pecuária leiteira. Aprendendo a tirar leite com qualidade, ele terá a matéria-prima valorizada pelas indústrias de laticínio e, conseqüentemente, ganhará mais por isso", argumenta Garcia.
 
Garcia ainda salienta o fator social que o empreendimento trará para a região. "Com sucesso na atividade, o produtor se manterá fixo no campo, impedindo o êxodo rural e, logo, um inchaço populacional nas cidades", conclui.
 
O investimento para participar do custo é R$ 80,00. As inscrições devem ser feitas pelo telefone: 3238-4135.
 
Érica Magalhães /MF Comunicação
Ascom Calu

--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura