terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Programa Ler com Prazer promove acesso à leitura

O ano chega com novidades na Cultura. "Pretendemos promover um Concurso de Poesias, aumentar o número de Caixas Estantes, ampliar o acervo de livros e revistas, criar mais 10 Mini-bibliotecas e levar todos os projetos do Programa Ler com Prazer aos distritos da nossa cidade. Também adquirimos um ônibus novo e assim que estiver adaptado, poderemos colocá-lo em uso. Além disso, visamos entregar o acervo da biblioteca 100% informatizado e, por estas e outras razões, acredito que o número de usuários crescerá, oportunizando a promoção universo das letras, dos livros", explicou Rosa Maria Marra, assessora cultural da Secretaria Municipal de Cultura.

 

Ainda de acordo com a assessora cultural em breve mais um projeto vai fazer parte das iniciativas que compõem este programa da Secretaria de Cultura. "Chamado de 'Livros ao Vento', a atividade fará com que mais gente tenha acesso à literatura já que distribuiremos inicialmente dois mil livros pelos bairros da cidade, em locais como padarias, supermercados, hospitais e praças. Assim, as pessoas poderão ler o exemplar e deixá-lo em qualquer outro canto de Uberlândia, para que outros cidadãos possam conhecer um pouco mais da magia literária," contou.

 

Em 2009, mais de 82 mil pessoas tiveram acesso às atividades desenvolvidas pela Biblioteca Pública Municipal. Reunidas pelo Programa Ler com Prazer, que estabelece políticas e investimentos para fomentam a leitura e a difusão do livro, as ações foram marcadas pela descentralização dos serviços bibliotecários e pelo pleno acesso de toda a cidadania à produção literária global e local.

 

 Além do Ler com Prazer, outros programas são desenvolvidos pela Secretaria de Cultura e já fazem parte do calendário de projetos e atividades culturais da cidade. Os programas Cultura na Comunidade, Cidade da Música, Preservação e Proteção da Memória e da História Local, bem como a Transferência de Recursos de Subvenção e Apoio Logístico a eventos movimentaram Uberlândia.

 

Programa Ler com Prazer

 

Um ônibus adaptado, que realiza visitas quinzenais pelas regiões da cidade, com serviço de empréstimo de livros e leva informação, cultura, alegria, entretenimento e acesso à leitura aos moradores de Uberlândia. Esse é o projeto Ônibus Biblioteca que passou pelos bairros Laranjeiras, Nossa Senhora das Graças, Tocantins, Dona Zulmira, Planalto, Ipanema, Aclimação, Liberdade, Segismundo Pereira e contabilizou cerca de 21 mil empréstimos em 2009.


Além dele, o Projeto Carro Biblioteca, que visa aproximar os servidores do Centro Administrativo do ambiente literário e carrega centenas de exemplares em um veículo Kombi, emprestou mais de mil livros no ano passado.

O Projeto Caixa Estante também facilitou o acesso da população a qualquer tipo de literatura. Ao todo, são sete boxes espalhados pela cidade, recheados com 300 títulos (cada um), que podem ser colocados em instituições públicas ou privadas (como empresas e igrejas).

 

Só o Projeto Mini-Biblioteca implantou, desde 2006, 16 mini-bibliotecas na cidade, inclusive em Martinésia. Já a Biblioteca Pública Municipal Juscelino Kubitschek, atendeu cerca de 63 mil usuários e emprestou 25.642 exemplares. Além disso, a Biblioteca Central conseguiu informatizar 7.844 livros de seu acervo e a Biblioteca do Sesi Indústria do Conhecimento, que foi inaugurada dia 10 de maio, tem espaço próprio e atende a área norte do município, atendeu mais de dois mil usuários, realizou 421 empréstimos e ofereceu pesquisas online a 1.248 pessoas.

 

Em 2009, o Telecentro, que é um espaço equipado com 20 computadores interligados à internet via banda larga, proporcionou quase seis mil acessos à web e levou à comunidade, de forma gratuita 1.627 cursos de informática e profissionalizantes.

 

Ao longo do ano passado, 20 oficinas temáticas foram realizadas, contabilizando 363 participantes. Outras 7.211 pessoas participaram do Projeto Contação de Histórias, composto por atividades formativas.


Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura