sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Selo Amigos da Cultura valoriza artistas, apoiadores e parceiros

             No Auditório Cícero Diniz, ao som do saxofone do músico Ricardo Nocera, foi realizada nesta sexta-feira (18), a solenidade de entrega do Selo Amigos da Cultura. Criada em 2005, a ação é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura e visa certificar o reconhecimento e o registro dos benefícios prestados pelos contribuintes à pluralidade local. Também é uma celebração ao reconhecimento público, às parcerias estabelecidas entre o Município e a sociedade, na construção de políticas públicas voltadas para a área cultural.

 

Mais de 80 apoiadores dos diversos projetos realizados neste ano foram homenageados. Além disso, durante a solenidade, foram entregues 88 certificados de projetos aprovados no Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) para 2010. Wellington Guimarães Gama, líder do grupo de choro "Wellington e Regional Fogo na Roupa", foi um dos selecionados para receber os investimentos do Fundo Municipal e disse estar muito grato pelo benefício concedido. "Estamos há três anos na cena musical e tínhamos muita dificuldade de mostrar nosso trabalho, de fazer com que a população reconhecesse o valor que o choro tem. A Prefeitura abraçou nossa causa e depois disso, a melhora foi notável. Participamos da gravação do DVD Cidade da Música e com este novo investimento, poderemos produzir nosso tão sonhado primeiro CD", explicou o artista.

 

Segundo Mônica Debs, secretária de Cultura, o mês de dezembro já é um período tradicional para realização deste evento. "É uma data reservada para celebrar as conquistas do ciclo que passou, junto com as pessoas e empresas que nos apóiam. Creio que é uma forma de prestigiar e reconhecer nossos parceiros e de continuar a promover a rica diversidade cultural que Uberlândia possui", apontou a secretária.

 

Na ocasião, o Calendário Anual da secretaria também foi entregue aos 24 artistas selecionados. Eles foram escolhidos por meio de um edital, para participar da publicação. Chamado de "Arte em Terra Fértil", o folheto está recheado com imagens e poemas que homenageiam o escritor Clarimundo Campos, cores, memórias, costumes, literatura, natureza, artes, urbanidade, degradação e estações. Com uma ilustração em trama de nanquim sobre papel, o arquiteto Emiliano Freitas (que também dá vida ao palhaço Tuiky, do grupo teatral Anjos da Alegria, beneficiário do PMIC para 2010) foi um dos selecionados. "Além deste presente, também estou feliz por ver que nossa trupe poderá trabalhar mais um ano em prol da sociedade", enfatizou. Acompanhado pela doutora Ximbica, a atriz Rose Battistella, foi responsável por animar o evento, com suas piadas, descontração, roupas coloridas e bom humor. "Fazemos este trabalho com o Anjos da Alegria desde 1999 e não esperávamos este prestígio todo, já que trabalhamos por amor. Perante as empresas e as pessoas que nos apóiam, este reconhecimento mostra que estamos crescendo com qualidade", revelou.

 

Mas não foram apenas os artistas que ficaram felizes com as iniciativas reveladas durante a cerimônia. Leandro Gulin Crivellaro, representante da Sorriso Minas, recebeu o Selo de Empresa Amiga da Cultura, graças ao apoio que deu ao projeto 'Sorriso no meu bairro', com o objetivo de sensibilizar a população em relação ao trânsito. "Este título faz com que nos sintamos mais cidadãos. Chegamos a Uberlândia em junho de 2008 e criamos o projeto, mas só conseguimos concretizá-lo após o apoio da Prefeitura e da Polícia Militar. É um trabalho conjunto, que tem gerado resultados muito positivos. Já adianto que prosseguiremos com este projeto no ano que vem e que continuaremos a ser uma empresa incentivadora da cultura", expôs.

 

Investimentos

 

A secretária de Cultura, Mônica Debs, agradeceu aos homenageados, artistas locais e ao prefeito Odelmo Leão. "O Prefeito tem feito de tudo para ampliar o pluralismo, para regenerar e fomentar nossa cultura. Entretanto, a administração municipal não trabalha sozinha. Precisa de pessoas que estejam dispostas a promover nossas raízes e a ajudar na implementação de ações coletivas que beneficiem a comunidade", acrescentou.

 

Janaína Sorna

Secom PMU



--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura