quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Prefeitura de Uberlândia - Alunos da rede municipal discutem temas propostos no 3º Congresso da Juventude

Nesta quinta-feira (26), das 7h ás 11h30, alunos da Escola Municipal Odilon Custódio Pereira, no bairro Seringueiras terão a oportunidade de discutir temas propostos no 3º Congresso da Juventude, que aconteceu no dia 4 de novembro e reuniu mais de 2500 jovens no Sabiazinho.

O encontro será realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho/Núcleo de Apoio ao Jovem, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e Conselho Municipal da Juventude. "É uma oportunidade para os alunos que não participaram do congresso debater os temas: Drogas e Criminalidade, Mercado de Trabalho, Sexualidade e Relacionamento Familiar", destacou a secretária de Desenvolvimento Social e Trabalho, Iracema Barbosa Marques.

Os cerca de 390 alunos, de 13 turmas do 6º ao 9º ano, participarão de uma palestra com a consultora empresarial, Célia Penatti, sobre "Relacionamento Familiar e Sexualidade". Depois, os alunos serão divididos em grupos coordenados por professores e representantes do Núcleo de Apoio ao Jovem. Cada grupo discutirá um tema.

Durante o 3º Congresso da Juventude, os participantes, também foram divididos em quatro grupos. Eles elaboraram cinco desafios para cada tema, que serão reunidos em um único documento e apresentado à Prefeitura de Uberlândia.

 

Os desafios votados pelos jovens durante o 3º Congresso da Juventude foram:

 

SEXUALIDADE

·         Presença de psicólogos e sexólogos para debater o tema nas escolas

·         Incluir a sexualidade como disciplina obrigatória

·         Passar mais programas sobre sexualidade na TV aberta

·         Núcleo de apoio a sexualidade dos jovens

·        Maior divulgação na rede municipal de saúde sobre: Gravidez na adolescência, DST, métodos contraceptivos e etc

 

DROGAS E CRIMINALIDADE

·         Capacitar professores, funcionários e alunos para ajudar dependentes químicos e seus familiares

·         Criar mais espaços de lazer e de atividades esportivas e artísticas para ocupar o tempo dos jovens

·        Ampliar e estruturar clínicas de tratamento e recuperação de dependentes químicos com o apoio do poder público

·         Criação de mais empregos para os jovens e principalmente para os que estão em recuperação

 

 RELACIONAMENTO FAMILIAR

·        Profissionais da área de psicologia e assistência social para atendimento individualizado às famílias

·         Promover ações entre pais, estudantes, dirigentes das escolas e equipe multidisciplinar para apresentar e discutir problemas de relacionamento familiar

·         Promover atividades para preparar os jovens sobre a importância do planejamento familiar

·         Criar políticas públicas de apoio efetivo à família

 

MERCADO DE TRABALHO

·        Número maior de oportunidades nas empresas para jovens sem experiência profissional, qualificando-os no próprio cargo

·        Que as escolas possam ter acesso a informações de cursos profissionalizantes e vagas oferecidas no mercado de trabalho

·         Implantação de um programa com a finalidade de agregar jovens que queira se profissionalizar com orientação e informação dos cursos técnicos e profissionalizantes

·         Criação de cursos de capacitação nas escolas voltados para estimular os alunos ao desenvolvimento de atitudes mais valorizadas no mercado de trabalho

·        Incentivo às empresas para que promovam mecanismos para o ingresso do jovem aprendiz no mercado de trabalho

 

Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura