quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Cursos de artesanato são ministrados na Oficina Cultural


            Cartões de natal, presépios, guirlandas e enfeites são alguns objetos que dois artistas plásticos e um fotógrafo ensinam a fazer na Oficina Cultural. Uma das oficinas oferecidas este mês é a de origami, que ensina a criar animais e objetos através de dobradura de papel.

De acordo com Luiz Alberto de Sousa, artista plástico que ministra o mini-curso, o primeiro registro de origami é chinês. "Podemos dizer que os japoneses desenvolveram a técnica criada pelos chineses. O meu trabalho aqui é mostrar às pessoas como fazer dobraduras de árvores, renas e confeccionar cartões natalinos. Alguns origamis até podem se tornar pequenos presépios", explicou.

            Miriam Moreira, uma das alunas do mini-curso, adorou a técnica de dobradura. "O curso é muito bom! Na verdade é uma terapia, pois é envolvente, mexe com a nossa criatividade e exige concentração", disse.

            Outra oficina é orientada pelo artista plástico Alexandre França e o fotógrafo André Reis. Eles mostram, por meio da prática, várias referências relacionadas aos símbolos natalinos. As aulas acontecem aos sábados.

Além desses cursos, a Oficina Cultural também disponibilizou oficinas relacionadas ao Mês da Consciência Negra para a população. As aulas com o tema "Olhares africanos, máscaras em papel machê", ministradas por Maria Cristina Florentino e Bruno Andrade Florentino, estimularam o conhecimento sobre o continente africano por meio da arte.

            A oficina "Penteados Afro", ministrada por Crisleine Aparecida Assunção, abordou a estética de cabelos afrodescendentes, através de técnicas de aperfeiçoamento, criação e conservação do penteado afro.

           

 

Fillipe Alves

Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura