quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Prefeitura de Uberlândia - Dmae adota novo padrão de medição

Mudança passa a ser uma exigência para o consumidor em 1º de dezembro

 

Quem está projetando ou pretende construir um imóvel em Uberlândia deve ficar atento às alterações feitas pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) para o fornecimento de água tratada. O novo padrão será exigido a partir de 1º de dezembro, tendo como principal mudança a altura da instalação do cavalete do hidrômetro que será 80 cm acima do passeio, uma medida utilizada pelas maiores companhias de saneamento do Brasil.

As notificações contendo o novo croqui e as normas de instalação do Dmae começaram a ser entregues nas revendas de material de construção civil no dia 28 de agosto. As revendas terão prazo até 30 de novembro para fazer as adequações nos kits de instalação do novo padrão de medição que será adotado no perímetro urbano de Uberlândia e nos Distritos.

A instalação no modelo antigo só será aceita pelo Dmae se o consumidor comprovar através de nota fiscal que a compra do kit foi realizada antes de 1º de dezembro. O Diretor Técnico do Dmae, David Thomaz Neto ressalta que as mudanças valem para imóvel em fase de projeto ou construção. Nos imóveis que já possuem habite-se, o usuário da rede pública de abastecimento de água só terá de adotar o novo padrão caso solicite uma transferência de hidrômetro ou uma 2ª ligação de água e esgoto. 

As mudanças foram implementadas para facilitar a leitura do consumo de água e a manutenção dos hidrômetros. David Thomaz afirma que a troca do hidrômetro será mais simples quando for necessário adequá-lo à faixa de consumo ou à categoria do imóvel. Por exemplo, se o proprietário quiser utilizar o seu imóvel residencial para comércio, ele vai simplesmente substituir o tubete longo pelo tubete curto, de acordo com a tabela de dimensionamento do Dmae.    

Antes de reformular o padrão de medição, o Dmae notificou as revendas de material de construção civil da cidade sobre a nova tabela de dimensionamento dos hidrômetros, que passou a vigorar em agosto. Houve um acréscimo na tabela de mais três tipos de hidrômetro, que são específicos para consumo máximo de água nas faixas de 1,5 mil litros por hora, 5 mil litros por hora  e 7 mil litros por hora.

 

2/09/09
DMAE / Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura