quinta-feira, 3 de setembro de 2009

PL do Vereador Ronaldo Alves exige água potável gratuitamente em bares, danceterias e similares

O vereador Ronaldo Alves, vice-líder do Governo, deu entrada na sessão de hoje (03.09) na Câmara Municipal de Uberlândia ao Projeto que dispõe sobre a obrigatoriedade de fornecimento gratuito de água potável aos frequentadores de danceterias, salões de dança e estabelecimentos similares. Com a aprovação do Projeto de Lei o número de bebedouros a serem instalados será proporcional a lotação do estabelecimento.

De acordo com o PL, estabelecimentos com lotação superior a quinhentas pessoas (500) também deverão dispor no local de equipamentos adequados para a prestação de primeiros socorros aos frequentadores. O vereador Ronaldo Alves, diz que o objetivo do projeto é estabelecer condições adequadas e saudáveis para os frequentadores destes locais.

Segundo a ABEAD – Associação Brasileira de Estudo do Álcool e outras Drogas, é recomendado que se alterne o consumo de bebidas alcoólicas com água e bebidas não alcoólicas. Essa medida ajuda o consumidor a não ficar embriagado. "Estudos médicos comprovam que quando se usa qualquer tipo de droga estimulante, a temperatura corporal aumenta. Se isso acontecer num ambiente quente como os de danceterias ou com muita gente aglomerada, a temperatura corporal sobe ainda mais, aumentando o risco de ataque cardíaco, que pode ser fruto de desidratação causada pelo consumo de drogas lícitas ou ilícitas", diz o vereador.

Deste modo, para evitar a perda de líquidos é recomendado que se tome de dois a quatro copos de água por hora. "É sabido que o custo de copos ou garrafas de água mineral em casas noturnas é superior, ou na melhor das hipóteses, igual ao valor de bebidas como chopp e cerveja. Isso leva o consumidor, principalmente o jovem, a preferir tomar uma cerveja, agravando ainda mais o quadro de desidratação. Dessa forma, pretendo com este projeto, colocar à disposição dos jovens e frequentadores destes lugares condições de acesso gratuito a água potável. Com isso, sua saúde será preservada e o dano causado pelas bebidas e drogas reduzido", finaliza Ronaldo Alves.


Sheila Nogueira
Assessoria de Imprensa Vereador Ronaldo Alves


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura