sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Saiba o que é permitido sobre o uso de plantas e objetos no Campo do Bom Pastor

             O Cemitério Campo do Bom Pastor foi criado em 1978 e regulamentado para ter apenas uma lápide padronizada sobre os túmulos. "O plantio de flores foi permitido por meio de legislação municipal em 1996. Posteriormente, em 2004, houve o decreto 9.499, que regulamentou a questão e relatou todas as espécies permitidas", explica Délcio Ferreira, assessor da Secretaria de Serviços Urbanos. Segundo ele, as plantas permitidas sobre os túmulos são as de pequeno porte, que não atingem mais de 40 centímetros de altura, não danificam os túmulos e não causam transtornos para a administração do cemitério, nem mesmo para os responsáveis pelos túmulos.

Para regularizar a situação, desde o dia 17 de julho, os responsáveis pelas sepulturas estão sendo notificados para retirar as plantas irregulares. Se isso não ocorrer, a partir do dia 17 de agosto teremos que fazer a retirada gradativamente", avisa o assessor.  

No Campo do Bom Pastor também não são permitidas construções acima dos solos. "Imagens de santos, capelas e outros objetos também devem ser retirados. Se permitirmos isso, estaremos descumprindo a legislação. Mas não queremos causar transtorno para a população. Todos que estiverem com dúvidas devem procurar a administração do Cemitério para se informar", declara Délcio Ferreira.

           

Nomes populares de plantas autorizadas:

- Amor-perfeito

- Artemísia

- Begônia sempre florida / Azedinha

- Beijo pintado

- Cacto-margarida

- Camaradinha

- Chuva de prata

- Clorito / Gravatinha

- Cravínea

- Cravo francês / Cravo anão

- Cravos

- Érica ou Falsa Érica

- Gazânia

- Gerâneo

- Hortênsia

- Margarida

- Maria sem vergonha

- Onze horas

- Periquito

- Petúnia

- Petúnia / Gonifrena / Amaranto globoso ou perene

- Rabo de Gato

- Verbena

 

Marden Rangel

Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura