segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Alunos da rede municipal recebem orientações sobre o consumo inadequado de medicamentos

Nos últimos dois anos, cerca de 20 mil alunos de todo o País participaram do projeto Educanvisa, da Agência nacional da Vigilância Sanitária (ANVISA), que tem como foco alunos da rede pública. Em Uberlândia a expectativa é que 560 jovens participem.

O projeto consiste na conscientização sobre os riscos do consumo inadequado de medicamentos. De acordo com Coordenadora do Setor de Vigilância em Medicamentos, Gilda Alves Correia, o Educanvisa promove uma reflexão sobre a influência que a propaganda tem no consumo de remédios. "Para que o projeto seja desenvolvido com sucesso, 18 profissionais da rede municipal de educação e da saúde foram capacitados e já começaram os trabalhos nas salas de aula. A nossa expectativa é que eles sejam multiplicadores destas informações", disse.

De acordo com a coordenadora municipal do Educanvisa, Liliane Ribeiro, o trabalho é um exercício de cidadania. "Conseguimos sentir no dia-a-dia das escolas a falta de informações sobre este assunto. Com a capacitação temos condições de mudar nossa postura e ajudar não só os alunos, mas a comunidade em geral", disse a coordenadora. 

 

Michele Borges e Domitilla Gomes

Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura