terça-feira, 7 de julho de 2009

Melitta investe em Uberlândia para alavancar presença de café Bom Jesus


Empresa promove ações especiais, degustações para conquistar consumidor uberlandense
Dando continuidade as ações de lançamento do café Bom Jesus, os consumidores de Uberlândia serão alvo de várias ações especiais nos próximos três meses. A Melitta do Brasil, empresa que comemorou 100 anos no mundo e 40 no Brasil, no ano passado investiu na contratação local de promotoras para realizarem ações de degustação do café Bom Jesus, nos principais pontos de venda da cidade. O objetivo é demonstrar a qualidade do café Bom Jesus aos uberlandenses e aumentar a presença também nos lares.

Além disso, o café Bom Jesus patrocina o programa Hoje em Dia da Rede Record, a novela Vale a Pena Ver de Novo e o Programa Manhãs da Globo – na Rádio Globo MG.

"Minas Gerais é o segundo maior mercado consumidor de cafés no Brasil, segundo dados da Nielsen. A Melitta aposta no sucesso desta ação, e deseja investir ainda mais no estado", explica Bernardo Wolfson, presidente da Melitta do Brasil. "A população mineira aprecia cafés de qualidade, quase artesanais, por isso acreditamos neste produto diferenciado para o mercado local", destaca o executivo.

Sobre a Café Bom Jesus
A Café Bom Jesus foi fundada em 7 de março de 1963 pelo Sr. Antônio Manoel da Rocha e seu filho Jones Rocha, com o objetivo de industrializar e comercializar café torrado e moído. Instalada na região nordeste do estado do Rio Grande do Sul, mais precisamente na cidade de Bom Jesus, tem como principal missão produzir um café de melhor qualidade e satisfazer aos consumidores. Em janeiro de 2006, foi integrada ao Grupo Melitta.

Sobre a Melitta
A Melitta é uma multinacional alemã que nasceu em 1908, em Dresden, pelas mãos da senhora Melitta Bentz, criadora do primeiro filtro de papel para coar café. Está presente em 60 países e emprega mais de 3 mil funcionários em todo o mundo. Em 2007, teve um faturamento global de R$ 3,3 bilhões. Há 40 anos no Brasil, a empresa trouxe para o País todo o seu portfólio, revolucionando o jeito brasileiro de fazer café. No ano de 2008, a subsidiária brasileira cresceu 12% e faturou R$ 598 milhões, mantendo a posição do 2º maior mercado para o Grupo Melitta em todo o mundo.

Juliana Monteiro / Ketchum Estratégia - Brasil