quinta-feira, 30 de julho de 2009

Diretores de escolas públicas e particulares recebem orientações sobre a nova gripe

A reunião será no saguão do bloco I do Centro Administrativo 

 

"Precisamos cuidar do principal que é a higiene, principalmente das mãos, por isso devemos orientar as crianças e os pais", disse o Prefeito Odelmo Leão, durante encontro na tarde desta quinta-feira com o secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha e a assessora pedagógica da secretaria de Educação, Célia Tavares, para acertar os últimos detalhes da reunião com que acontece nesta sexta-feira (31) entre diretores de escolas da rede municipal, estadual e particular e o Comitê de Enfrentamento à Gripe Influenza A. A intenção é reforçar a importância dos cuidados com os hábitos de higiene, que podem prevenir a propagação de outras doenças.

Na reunião serão repassadas informações aos diretores das escolas, que posteriormente orientarão os pais e responsáveis pelos alunos. "Vamos mostrar como a influenza A pode ser evitada, tranqüilizar os profissionais e orientar os pais a não levarem os filhos à escola, caso apresentem algum sintoma de gripe", enfatizou o secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha.

Para a assessora pedagógica da Secretaria de Educação, Célia Tavares, alguns pais ainda estão apreensivos com relação a nova gripe. "Nós temos que ter consciência que a situação em Uberlândia é controlada, diferente de outras cidades e estados. Estamos tomando medidas que auxiliam na prevenção", explicou a assessora.

De acordo com o secretário de Saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha, a população não precisa se preocupar, pois a gripe tem se mostrado com baixa gravidade. "O inverno, que é o período mais crítico para o contágio, já está passando e com isso o risco maior para se contrair a gripe", tranquilizou o secretário.

O município tem trabalhado para garantir atendimento adequado aos casos suspeitos da doença e se preparado para possíveis casos graves. "Nesta quinta-feira (30) entramos em contato com o responsável pelo setor de infectologia da Secretaria de Estado de Saúde, que nos garantiu que na segunda-feira (03) enviará mais cinco tratamentos (medicamento Tamiflu) para a Gerência Regional de Saúde, para ser utilizados em casos graves da doença, que por ventura venham acontecer em Uberlândia.

 

Rafael Guimarães

Secom PMU


--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura