sexta-feira, 24 de julho de 2009

Construção Civil: Assembleia aprova greve geral

Foto: Divulgação / Alaor Barbosa Jr. / Ascom Sinticom-TAP

 

Uberlândia / MG (24/07/2009) – Trabalhadores da construção civil, na base territorial do Sinticom-TAP – Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário de Uberlândia, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba -, reunidos em assembléia geral no final da tarde, inicio da noite de hoje, 24, aprovaram o indicativo de greve geral da categoria, a partir do dia 10 de agosto, próximo.

A decisão é a fim de que a classe patronal atenda as reivindicações salariais da categoria. Na oportunidade, o presidente do Sinticom-TAP, Reinaldo Rosa de Sousa, salientou que "estamos vivendo um momento crucial, nas negociações salariais, ante ao número de obras que estão sendo executadas e a serem executadas. Se não tomarmos uma posição agora, dificilmente conseguiremos uma reposição salarial digna e justa".

Posta em votação a tabela com diferentes índices de aumento proposta pelo – Sinduscon-TAP - foi recusada pelos presentes à assembléia.

A proposta de greve foi aprovada por aclamação geral dos presentes.

A base territorial do Sinticom-TAP abrange: Abadia dos Dourados, Araguari, Araporã, Canápolis, Carneirinho, Centralina, Cascalho Rico, Douradoquara, Estrela do Sul, Fronteira, Frutal, Grupiara, Indianópolis, Irai de Minas, Itapagipe, Iturama, Limeira do Oeste, Monte Alegre de Minas, Nova Ponte, Perdizes, Pedrinópolis, Romaria, Santa Juliana, Tupaciguara, União de Minas e Uberlândia e distritos.

 

Alaor Barbosa Jr.

Ascom Sinticom-TAP



--
farolcomunitario | rede web de informação e cultura